Carne bovina tem alta e dá sustentação para o mercado do boi gordo

A redução na disponibilidade de boiadas de cocho no primeiro giro de confinamento tem tornado difícil a compra dos frigoríficos.

Isso potencializou negativamente a oferta normalmente menor na entressafra.

No fechamento da última terça-feira (10/7), a cotação da arroba do boi gordo subiu 0,7% em São Paulo, 1,4% no Noroeste do Paraná e 1,6% na região de Três Lagoas-MS, para negócios a prazo.

Nessas regiões, há frigoríficos com escalas de abate de três dias.

No mercado atacadista de carne bovina com osso, o boi casado de bovinos castrados também subiu e está cotado, em média, em R$9,28/kg, valorização de 1,6% em relação ao fechamento de sexta-feira.

por Felippe Reis

CLOSE
CLOSE