Palmas tem redução de 5% na frota de ônibus para economizar combustível

Empresas têm combustível para rodar até o final da semana. Linha mais afetada deve ser o Eixão, que corta toda a cidade; 10 veículos serão retirados de circulação.

O transporte coletivo de Palmas terá o número de ônibus reduzido em 5% a partir da tarde desta quinta-feira (24). Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo (Seturb), 10 ônibus serão retirados de circulação. A frota atual é de 190 veículos. A medida foi decidida no final da manhã com a Prefeitura de Palmas.

Ainda conforme a Seturb, a frota será diminuída apenas fora do horário de pico. A linha mais afetada deve ser o Eixão, que corta a cidade de norte a sul. Com isso, os ônibus da linha deverão sair das estações de 10 em 10 minutos.

Segundo as empresas há combustível para os ônibus circularem até o fim de semana. A medida de contingenciamento é para retardar a falta de combustível causada pela paralisação dos caminhoneiros. Em Palmas, mais de 30 postos ficaram sem gasolina durante a manhã.

Reflexos do desabastecimento

A paralisação dos caminhoneiros já causam vários reflexos em várias áreas. Nos supermercados, os espaços usados para colocar as verduras estão vazios. Nos locais em que ainda há produtos, os preços dispararam.

Faltam batatas, tomates, beterrabas e outros produtos. Caminhões que deveriam descarregar frutas nesta manhã estão parados nas rodovias e por causa disso o centro de distribuição de alimentos está sem estoque.

Segundo o governo do Estado, não há risco de desabastecimento na frota oficial, mas foram tomadas medida para reduzir o consumo. Para isso, estão sendo priorizados os serviços essenciais.

Em Palmas, a prefeitura informou que vai priorizar o abastecimento das ambulâncias do Samu. Até o momento o Município já garantiu mais de 12 mil litros para os serviços essenciais.

Trechos bloqueados

Veja os pontos de bloqueios no Tocantins, segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal. Em todos os casos o trânsito está bloqueado para veículos de carga. Os outros automóveis conseguem transitar.

  • Araguaína – BR-153, km 152
  • Nova Olinda – BR-153, km 208,7
  • Colinas do Tocantins – BR-153, km 245
  • Fortaleza do Tabocão – BR-153, Km 360
  • Paraíso do Tocantins – BR-153, km 492
  • Gurupi – BR-153, km 674
  • Alvorada – BR-153, km 761
  • Pedro Afonso – entre a Ponte sobre o Rio Tocantins e o trevo da cidade – BR-235, km 164.
  • Silvanópolis – BR-010, KM 306
  • Santa Rosa – BR-010, KM 260

Via g1