Sesmu alerta para os perigos no trânsito durante os horários de pico

A pressa e o aumento do fluxo de veículos nas vias de Palmas durante o início da manhã, meio dia, e o fim do dia podem esconder alguns perigos e exigem mais atenção e paciência dos condutores. A Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu) alerta para alguns perigos como não dar a seta ao mudar de faixa, conduzir em alta velocidade, não transitar próximo a faixa de pedestre com velocidade a 40 km/h e frear bruscamente.

Na Avenida Teotônio Segurado, por exemplo, o tráfego é mais delicado por volta das 7h30 às 8 horas e das 18 às 19 horas, e a atenção precisa ser redobrada, principalmente em locais que ainda não tem semáforos. Nesses cruzamentos, o condutor precisa respeitar a preferencial da via, de acordo com as orientações da Gerência de Fiscalização de Trânsito e Transporte.

“Principalmente no fim de tarde, quando as pessoas estão retornando de um dia cansativo e estressado de trabalho, elas diminuem a atenção no trânsito e qualquer distração, por menor que seja, vira causa para um acidente”, alerta a gerente Glauce de Souza.

Ainda segundo a gerente, o ideal é que as pessoas se programem para saírem mais cedo de casa. “Todo mundo quer sair no mesmo horário o que acaba tumultuando as vias, gerando estresse, pressa e desatenção no trânsito. Manter a distância do outro veículo, andar dentro da velocidade permitida da via, respeitar as sinalizações é essencial para quem quer chegar ao destino em segurança e sem colocar os demais usuários em risco”, conclui  Glauce Kelly de Souza.

O Projeto Vida no Trânsito (PVT) também destaca alguns cuidados que os condutores precisam ter nesses horários de pico, como utilizar o cinto de segurança; atenção à direção; transportar crianças sempre no banco traseiro; idade permitida para fazer uso do banco da frente; obrigatoriedade do uso do cinto de segurança, respeitar a sinalização e dar a seta; respeitar os limites de velocidade da via; atenção e respeito à faixa de pedestres; ter paciência e compreensão e para os motociclistas, evitar transitar por entre os carros.

 

 

Maio Amarelo em Palmas

As ações do Movimento Maio Amarelo em Palmas seguem sendo realizadas diariamente pela Gerência de Educação para o Trânsito em feiras, creches, escolas, empresas privadas, eventos esportivos, além de blitz educativas e passeios com grupos de motociclistas da cidade. As ações seguem até o final do mês de Maio. O Movimento, que é mundial, visa à conscientização para os perigos existentes no trânsito.