MPE Eleitoral apura veracidade de declaração de bens de candidatos ao Governo do Tocantins

O Ministério Público Eleitoral (MPE Eleitoral) instaurou procedimento para apurar a veracidade das declarações de bens apresentadas pelos candidatos a governador do Estado do Tocantins nas eleições suplementares.

O procedimento visa não só acompanhar a evolução patrimonial dos candidatos, mas também verificar o cumprimento dos requisitos para aplicação e gastos de recursos na campanha eleitoral, e é direcionado aos candidatos que declararam possuir dinheiro em espécie, Carlos Amastha, Mauro Carlesse e Kátia Abreu.

Assessoria PRT