E-mail ainda é maior do que o WhatsApp

Mesmo em 2018, o número de mensagens no aplicativo ainda não consegue superar as mensagens que chegam por e-mail

Sessenta segundos na internet representam uma infinidade de interações em redes sociais, e-mails e aplicativos. Em seu levantamento anual, a Cumulus Media indica o que acontece em apenas um minuto na internet em 2018.

No aplicativo WhatsApp, por exemplo, 38 milhões de mensagens são enviadas.O número de interações chega a superar o de Snaps criados no Snapchat ou mesmo o de pesquisas no Google. Ainda assim, a quantidade de mensagens enviadas no app é menor do que o de envios de e-mails, que totalizam 187 milhões por minuto.

O WhatsApp, porém, anunciou medidas que podem fazer o número de mensagens aumentar. No passado, ele chegou a ser pago, mas se tornou gratuito para todos. No início do ano, a empresa lançou sua versão para PMEs, que permite a comunicação entre empreendedores e clientes. Em breve, o aplicativo terá ainda uma versão exclusiva para grandes empresas, que é de onde eles devem obter receita, uma vez que não cobram anuidade, nem exibem publicidade.

Além disso, o WhatsApp resolveu um problema comum no envio de e-mails ao permitir que arquivos grandes possam ser compartilhados com seus contatos sem a necessidade de utilizar um serviço de armazenamento na nuvem, como Google Drive ou OneDrive.

O site Visual capitalist aponta o número mensal de interações entre os dois meios de comunicação mais populares que aparecem no relatório. No WhatsApp, as mensagens enviadas totalizam 1.641.600.000.000 (1,6 quadrilhão). No e-mail, são 8.078.400.000.000 (8,07 quadrilhões).

Ainda sem uma versão específica para grupos de funcionários de empresas, gestores usam o app de mensagens para interagir com colegas e subordinados. Uma solução paliativa para isso foi o lançamento de novos recursos para grupos, que dão mais poderes aos administradores.

O que mais acontece em um minuto?

Outro número interessante que aparece no levantamento é da Netflix. As pessoas passam o equivalente a 266 mil horas vendo conteúdos da Netflix em sessenta segundos. Nesse mesmo período, 4,3 milhões de vídeos estão sendo reproduzidos na plataforma online do YouTube.

O número de logins no Facebook aumentou em relação a 2017, passando de 900 mil para 973 mil por minuto. Os gifs enviados no Messenger também aumentaram, indo de 15 mil para 25 mil. Veja todas as informações no infográfico de Lori Lewis e Chadd Callahan, da Cumulus Media.

Por Lucas Agrela, São Paulo