Paraíso busca quebrar 23 anos sem título no Campeonato Tocantinense

Único título do Touro Forte foi conquistado em 1995. Estreia oficial na temporada 2018 ocorre no dia 31 de março contra o Gurupi, no Rezendão

Faltando menos de 20 dias para a bola rolar pelo Campeonato Tocantinense, o Paraíso finalmente deu início aos trabalhos. Nesta segunda-feira (12), após imbróglio sobre quem seria o treinador, o elenco do Touro Forte começou os treinos de forma oficial no campo do estádio Pereirão. O time conta com uma mescla de medalhões e jovens na missão de quebrar o jejum de 23 anos sem título estadual.

Na época da conquista do primeiro e único caneco, o Paraíso – então Intercap – levantou o título no início do mês de junho de 1995. O certame daquele ano começou no princípio de março.

Para esta temporada, com o pontapé tardio nas atividades e os poucos recursos financeiros, a ideia da comissão técnica é valorizar os jovens e, claro, utilizar a experiência de jogadores conhecidos do futebol tocantinense, como é o caso do atacane Lourival.

– A gente carrega uma responsabilidade. É uma história que a gente tem de ter feito muitos gols aí pelo Brasil, pelo estado do Tocantins. Mas a gente vive de momento, meu momento é aqui no Paraíso. É um momento de me condicionar e trabalhar dia após dia para dar meu melhor e buscar os gols a todo momento – disse Lourival.

O meia-atacante Brito é uma das caras novas. Junto dos atletas mais rodados do elenco, ele vai em busca da quebra do tabu de 23 anos sem título.

– O jogador de futebol ele é guerreiro, não importa onde ele vá, ele vai para vencer. Ele tem que ir com objetivo de ser vencedor. Não só eu, creio que os meninos também, a gente veio para vencer. A gente sabe que as outras equipes querem o título, mas a gente vai correr pelas beiradas – explicou Brito.

A estreia do Touro Forte no Tocantinense está marcada para o dia 31 de março às 17h, contra o Gurupi, no Rezendão.

GE