Ruraltins inicia oficinas para atender mil famílias de agricultores em todo Estado

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) inicia uma série de oficinas para discutir o plano de trabalho do Projeto Inovação no Campo, fruto do instrumento de parceria firmado entre o órgão e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural  (Anater).

A iniciativa prevê a capacitação de 100 extensionistas, visando o atendimento a 1.000 famílias de agricultores familiares, em 50 municípios, contemplando todas as regiões do Estado. O projeto tem por objetivo a prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural, que promova a geração de renda e a melhoria da qualidade de vida das comunidades rurais beneficiadas.

As oficinas serão realizadas nas sete regionais que compõem a estrutura administrativa do Ruraltins. A primeira acontece na regional de Porto Nacional, onde os técnicos participam, até está sexta feira (9), de ações conjuntas para a execução dos trabalhos.

De acordo com o diretor de Empreendedorismo Rural, Adenieux Rosa Santana, o Inovação no Campo terá a duração de três anos, quando, ao final, será avaliado o impacto da assistência técnica junto aos agricultores assistidos, por meio de indicadores.

“Esse encontros fazem parte do plano de trabalho. No fim do ano passado representantes da Anater  realizaram o primeiro nivelamento com os técnicos envolvidos no projeto, e agora, a equipe da coordenação do Ruraltins está indo a campo para dar prosseguimento à parte prática, aplicando as metodologias e as estratégias de execução, de cada atividade, acordadas com a Anater. A grande novidade é que desse número de agricultores selecionados, 50% deles serão alcançados também pelo Programa Fomento Rural, que prevê a transferência de recursos de R$ 2.400, a cada família, para serem investidos em projetos produtivos desenvolvidos nas propriedades dos beneficiários”, explicou o diretor.

As oficinas tem o acompanhamento do coordenador do Projeto Inovação no CamCapacitação em Porto Nacionalpo, Gilberto Marques. Ele destaca que os atendimentos realizados com os agricultores serão registrados no Sistema de Gestão da Anater (SGA), criado para o acompanhamento detalhado das atividades. “Durante os encontros os técnicos serão orientados quanto ao funcionamento desse sistema de informação, para que tenham total conhecimento do que vão buscar a campo em cada fase”, disse.

Próximos passos

A série de oficinas segue na próxima semana para Araguatins, nos dias 12 e 13 de março. Na sequencia Araguaina receberá a equipe, nos dias 14 e 15. A regional de Paraiso será capacitada nos dias 20 e 21. Já nos dias 22 e 23, a oficina será realizada simultaneamente nas regionais de Gurupi e Miracema. Encerrando a série de atividades, os profissionais da regional de Taguatinga recebem o treinamento nos dias 26 e 27 de março.

Projeto

O instrumento de parceria firmado entre Ruraltins e Anater faz parte de um Projeto Piloto, que está sendo executado nos estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Tocantins, além do Distrito Federal.

No Tocantins serão aplicados recursos na ordem R$ 3.809.680, de 2107 a 2020, com contrapartida do Governo do Estado, no valor de R$ 1.429. 240,00. A iniciativa contemplará agricultores de 50 municípios, abrangendo as sete regionais do Ruraltins, distribuídas em todo Estado.

Lúcia Brito, Palmas