Pontos na CNH deixaram mais mil motoristas do Tocantins sem o direito dirigir em 2017

Apenas nos dois primeiros meses de 2018 quase 100 pessoas perderam o direito de dirigir no estado. Punição começa a valer quando a pessoa acumula 20 pontos na CNH.

Mais de mil motoristas estão com as carteiras de habilitação suspensas no Tocantins. Entre janeiro e dezembro de 2017 foram pouco mais de 1,1 mil CNHs canceladas. Somente nos dois primeiros meses de 2018, quase 100 pessoas perderam o direito de dirigir em todo o estado.

A punição começa a valer quando a pessoa acumula 20 pontos na carteira. As infrações têm pontuações diferentes conforme a gravidade. O maior número é para infrações gravíssimas, com sete pontos. As graves geram cinco pontos, as médias geram quatro pontos e as leves, três.

Há ainda situações nas quais o motorista perde a carteira de forma automática, mesmo que não tenha atingido a pontuação. Dirigir após ingerir bebida alcoólica é uma delas. Em todos os casos, o dono da CNH é alertado pelo Detran por uma carta.

Após ser notificado, o motorista tem 30 dias para apresentar a defesa no Detran. São os técnicos do departamento que analisam se os argumentos apresentados são convincentes ou não.

Com informações TV Anhanguera