Moradora de rua natural do TO é encontrada morta e com sinais de abuso em Goiânia

Segundo delegado, mulher foi morta por asfixia em lote baldio. Amigas relataram aos investigadores que a vítima era natural do Tocantins e vigiava carros na região do Setor Pedro Ludovico.

Uma moradora de rua, de 31 anos, foi encontrada morta na madrugada desta sexta-feira (2) em um lote baldio do Setor Pedro Ludovico, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, há indícios de que a mulher, identificada com Mônica Rodrigues de Araújo, também sofreu abuso sexual.

“A vítima estava despida e há sinais de violência sexual, tendo sido coletado material genético para exames. Ela foi morta por asfixia”, disse o delegado que foi ao local do crime, Thiago Martimiano.

De acordo com a polícia, Mônica é natural de Arapoema, no Tocantins. Testemunhas relataram aos investigadores que a vítima vigiava carros na região e era usuária de drogas. Ainda não há um suspeito de cometer o crime.

Funcionários do Instituto Médico Legal (IML) informaram que o corpo da mulher seguia no local até as 13h30 desta sexta-feira e que ninguém havia procurado por ela.

Por Paula Resende, Go