Consultora diz que Tocantins é referência nacional no Programa Criança Feliz

“O Estado do Tocantins tem avançado em relação ao Programa Criança Feliz (PCF) e precisamos mostrar esses resultados positivos já alcançados para sensibilizarmos os municípios elegíveis que ainda não aderiram ao Programa a efetivarem essa adesão”, disse a Secretária do Trabalho e Assistência Social Setas), na manhã desta sexta-feira, 2.

A observação foi durante a apresentação da nova consultora do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), para o Tocantins, Gildene Soares Carvalho, que veio ao Estado para conhecer a equipe que atua no Programa e se informar mais de como as ações no Tocantins se tornaram referências nacional. “O Tocantins foi muito elogiado pela Coordenadora Nacional, Juliana Rabelo que referendou o Estado por seu compromisso e rapidez no repasse das informações solicitadas em tempo hábil junto ao MDS”, parabenizou.

A equipe da Setas também apresentou um balanço minucioso, à consultora, das estratégias e ações feitas, bem como os novos passos que seguirão a partir deste ano.

No Tocantins são 84 municípios elegíveis, desses 50 já aderiram ao Programa e 41 já iniciaram as visitas; são 463 gestantes visitadas e um total de 3401 crianças atendidas. O período para fazer a adesão está aberto novamente, e a proposta é sensibilizar para que esses 34 municípios que ainda não aderiram agora o façam.

A reunião contou ainda com a participação dos gerentes da Setas.

Programa Criança Feliz

O Programa tem como foco o desenvolvimento integral das crianças brasileiras, sendo seu principal objetivo assegurar as condições para que elas desenvolvam seu pleno potencial. Para isso, há uma estratégia de visitação domiciliar que visa atender famílias com crianças até três anos de idade. No caso de crianças em situação de extrema pobreza ou necessidades especiais, o apoio se estende até os seis anos de idade.

Cláudio Duarte, Palmas