Bailarina do Tocantins conquista vaga em escola de balé nos Estados Unidos

Maria Eduarda, de 13 anos, se prepara para viver nova experiência, a partir de julho. Família faz rifa para conseguir dinheiro para arcar com as despesas da adolescente.

A bailarina do Tocantins, Maria Eduarda Oliveira, de 13 anos, vai viver uma nova experiência a partir de julho deste ano. É que ela conquistou uma vaga na American Academy of Ballet, escola de balé dos Estados Unidos. Agora, ela e a família fazem de tudo para conseguir o dinheiro necessário para arcar com as despesas dela.

Maria Eduarda dança desde os quatro anos e, aos 13, já pode dizer que tem quase uma década de experiência, fato que contribuiu para que ela fosse selecionada para uma bolsa de estudos. Ela soube do resultado no fim do ano passado.

“Vai ser bom para mim como pessoa também, conhecer novos lugares. O balé é o que eu mais amo. Vai ser muito bom ir para lá”, disse.

Além de balé clássico, ela também domina outras modalidades de dança e já participou de várias competições no Brasil. A adolescente é aluna do Balé Popular de Palmas. A viagem para os Estados Unidos está marcada para julho, um sonho que está cada vez mais perto de se realizar.

Segundo ela, uma parte do sonho foi concluída. Agora, falta a outra parte, que é conseguir o dinheiro para pagar as despesas nos Estados Unidos. Para custear transporte, alimentação e hospedagem, a família está fazendo de tudo: rifa e até um espetáculo, com o apoio de escolas de dança públicas e privadas de Palmas.

A mãe Gabriela Oliveira não tem dúvidas de que vai conseguir o valor necessário para realizar o sonho da filha. “As pessoas têm que correr atrás do sonho. É o sonho dela há muitos anos. Eu já fui para São Paulo, a gente veio de Gurupi para cá [Palmas] e sempre correndo atrás”.

O espetáculo beneficente está marcado para o dia 20 de maio, no teatro Fernanda Montenegro, em Palmas, e ganhou o nome de ‘Dançando entre Dois Mundos’.

Por TV Anhanguera