Educação reabre internato do Colégio Agropecuário do município de Almas

A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) reabre este ano o internato do Colégio Agropecuário de Almas. A escola atende alunos do ensino fundamental, do curso Técnico em Agropecuária e do Técnico em Zootecnia.

O Colégio Agropecuário de Almas foi inaugurado no ano de 1997. Na época, atendia alunos do ensino fundamental, do 5º ao 8º ano, e do curso Técnico em Agropecuária em regime de internato, um total de 80 estudantes que pertenciam à zona rural e cidades circunvizinhas. Outros 120 alunos estudavam na modalidade de ensino regular, totalizando 200 estudantes.

No ano de 2013, o regime de internato foi fechado, mas os alunos concluíram o curso técnico em Agropecuária que haviam começado. Atualmente, a unidade de ensino atende 70 estudantes distribuídos no 9º ano do ensino fundamental, na 1ª, 2ª, e 3ª séries do curso Técnico em Agropecuária e na 3ª série do curso Técnico em Zootecnia.

Com a reabertura do internato, a unidade de ensino vai possibilitar o atendimento de até 250 alunos. Dentre as vantagens para os alunos, destacam-se a permanência na escola dos alunos que moram distantes dela, a realização de forma significativa das atividades teóricas e práticas, o atendimento efetivo sobre o ensino e aprendizagem conforme a estrutura curricular e a proposta pedagógica dos referidos cursos ofertados.

Conforme Maria do Socorro Soares Coelho, gerente de Educação do Campo e Quilombola, o atendimento a todos os alunos precisa ser garantido. “Com a reabertura do regime de internato na escola, podemos garantir um ensino a todos os alunos que habitam próximo à escola, além de atender aqueles alunos que residem mais distantes, em forma de internato”, concluiu.