Blairo Maggi vem ao Tocantins para abertura da colheita de grãos

A vinda do Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, ao Tocantins foi confirmada durante reunião no gabinete do Secretário da Agricultura, Clemente Barros, quando se discutia a programação para a abertura da colheita de soja e milho no estado. O presidente da Aprosoja, (Associação do Produtores de Soja e Milho do Tocantins), Maurício Buffon, também esteve presente na reunião. Esta é a primeira vez que Ministro da Agricultura vem ao Estado.

Plantação de milho no Tocantins. Foto: Joatan Silva

Como em todos os anos, o início da colheita da soja é marcado com um grande evento, com palestra e dia de campo com orientações técnicas. Na oportunidade são reunidos produtores e autoridades do setor para reafirmar importância do segmento na economia do estado. O evento tem previsão para acontecer no dia 15 de fevereiro na Fazenda Bacaba, que fica entre os municípios de Marianópolis e Caseara, a 210 quilômetros da capital (TO 080 km 99), na região sudoeste, conhecida também como Vale do Araguaia.

O milho e a soja são as principais culturas de grãos desenvolvidas na Fazenda Bacaba. São 15 mil hectares de soja e a expectativa de colheita é de 900 mil sacas, enquanto para o milho, a previsão é colher 1 milhão de sacas, sendo a área plantada de mil hectares na primeira safra e de 9 mil hectares na segunda.

Foto: Madson Maranhão

O presidente da Aprosoja, Maurício Buffon, disse que ainda é cedo para apresentar os números da safra 2017/2018, em decorrência do atraso das chuvas no final do ano, mas reforçou a presença do Ministro da Agricultura no evento. De acordo com o Secretario da Agricultura, Clemente Barros, que tem acompanhado o comportamento das lavouras, as previsões do clima estão favoráveis. “Tenho certeza de que o Tocantins irá quebrar mais um recorde de safra”, disse.

Segundo apontado pelo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Tocantins fechou a safra passada com uma área plantada de 964 mil hectares de soja e uma produção de 2,8 milhões de toneladas. Para esta safra em curso, a expectativa é atingir 990 mil hectares somente de soja, e o estado deve produzir proximamente 2,85 milhões de toneladas, e a área de milho, cerca de 200 mil hectares.

Via Orla