Chevrolet apresenta seu primeiro carro sem volante e pedais

A General Motors divulgou a primeira imagem do Cruise AV, um carro autônomo sem volante ou pedais. Seria apenas mais um, não fosse por um detalhe: ele estará pronto para ser lançado em 2019.

O que falta agora é permissão para que o Cruise AV circule em vias públicas, visto que as normas atuais exige que todos os automóveis tenham direção, pedais e outros comandos manuais.

A legislação e a infra-estrutura necessárias para isso já estão em fase avançada de testes em lugares como a Califórnia. Para muitos, trata-se apenas de uma questão de tempo.

No Cruise AV o passageiro interage com o veículo apenas por meio de botões e da central multimídia. Isso, se necessário: uma das ideias da GM é designar o modelo autônomo para ser usado pela Uber. Neste caso a interação seria por meio de smartphone.

Na prática, o Cruise AV é um Bolt (compacto elétrico com autonomia estendida, já à venda nos EUA) sem os comandos para o motorista. “Este será um veículo de produção real saído de uma linha de montagem real, não é um conceito”, disse Kyle Vogt, CEO e fundador da Cruise Automation, startup que está por trás da inteligência do sistema autônomo da GM.

Cruise AV

A GM enviou ao governo americano uma petição detalhando as novas características de segurança de seus autônomos e também o resultado dos testes do Cruise AV no centro de São Francisco – que a fabricante considera ser um dos trânsitos mais complexos do mundo.

Como manda a regra atual, os carros testados ainda tinham volante e pedais, além de uma pessoa ao volante para assumir o controle no caso de uma emergência.

Henrique Rodriguez

CLOSE
CLOSE