A MONTANHA QUE A CADA 30 ANOS BOTA MISTERIOSOS OVOS DE PEDRA

É conhecida como a montanha dos ovos, um mistério geológico chinês chamado Chan Da Ya, uma estrutura rochosa que a cada 30 anos “bota” ovos de pedra. Um verdadeiro mistério!

Presos ao rochedo, os estranhos ovos rochosos, têm origem ainda desconhecida.

Localizada na Região Autônoma de Qiannan Buyi e Miao, na província chinesa de Guizhou, Chan Da Ya significa “Penhasco Produtor de Ovos”, e é um penhasco localizado no Monte Gandeng de cerca de 20 metros de altura.

A rocha tem uma superfície irregular pontilhada com dezenas de pedras redondas e ovais de vários tamanhos. Embora o tempo, o vento e a chuva continuem a corroer, os ovos permanecem intactos, ficando ainda mais duros e protuberantes. A cada 30 anos, por causa da perda da rocha circundante, os ovos caem no solo.

Mas o que é isso? Do que esses ovos estranhos são feitos?

O fenômeno dos ovos de Chan Da Ya é considerado único no mundo. Geólogos o estudam in loco para descobrirem mais sobre ele.

Ainda não existem explicações oficiais mas algumas hipóteses: uma análise mostrou que, embora a maior parte do Monte Gandeng consista de sedimentos mais duros, esta seção particular consiste principalmente de rocha calcária, que é facilmente corroída. Os ovos são feitos de rochas muito mais duras, de modo que a diferença de tempo necessária para que os elementos atravessem os diferentes tipos de rocha, explicaria o fenômeno da deposição periódica dos ovos.

No entanto, ninguém ainda explicou como uma seção calcária que se formou há 500 milhões de anos no período cambriano seja ainda existente ou, porque os ovos de pedra são perfeitamente redondos ou ovais

Os habitantes de um vilarejo vizinho chamado Gulu conhecem os ovos por gerações e os consideram sagrados. Várias vezes por ano visitam o lugar para tocar os ovos, receber uma graça ou uma sorte. Quase todas as 125 famílias de Gulu tinham pelo menos um destes ovos em casa. No entanto, nos últimos anos, Chan Da Ya tornou-se tão famosa, a ponto de ser considerada um destino turístico e, hoje, muitos dos ovos caídos são vendidos e agora restam apenas 70 ovos em Gulu.

Embora seja a maior montanha com maior concentração de ovos de pedra, há ovos semelhantes nas montanhas próximas.