Previsão de chuvas fortes seguem nos próximos 10 dias no Centro-Oeste e Matopiba

A atualização meteorológica do fim da tarde desta quinta-feira (2) não trouxe nenhuma alteração significante nas leituras para a América do Sul, durante os próximos 10 dias. Chuvas continuam sendo oferecidas para quase toda a área produtora sul-americana de soja e milho. A primeira quinzena de março já traz um bom padrão climático, principalmente à região do Sul do Brasil, a qual ainda tem uma grande quantidade de soja em estádio de desenvolvimento.

No MATOPIBA as precipitações seguem favoráveis, com chuvas irregulares sendo previstas ao oeste da Bahia. Em Goiás as chuvas mais pesadas se concentrarão ao sudoeste do estado | Na Argentina as chuvas serão altamente benéficas, principalmente às regiões centrais do País como Córdoba, Santa Fé e Santiago del Estero.

Ag Clima

Na Climatempo:

Chuva aumenta no Sul

Nesta quinta-feira (02), uma frente fria se afasta do Sul do país e o sol aparece nos três estados da região. Por causa do tempo quente, úmido e abafado o maior potencial para temporais é em Santa Catarina e no Paraná. Nestas localidades, não dá para descartar na hora da chuva queda de granizo e muita ventania com raios. Nas áreas de fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai e na região de Bagé e Uruguaiana não há expectativa de chuva e faz bastante calor.

Na sexta-feira (03), o tempo muda e as condições de chuva aumentam. Outra frente fria mais forte desta vez influência a costa da Região e ao mesmo tempo uma área de baixa pressão atmosférica se intensifica entre Argentina, Paraguai e Uruguai. Nos próximos dias, estes dois sistemas vão estimular a formação de muitas áreas de instabilidade sobre a Região Sul formando nuvens muito carregadas.

Na sexta, dia 03, o dia amanhece chuvoso em Uruguaiana e São Luiz Gonzaga e as nuvens se espalham ao longo do dia nas demais áreas gaúchas onde há risco para chuva forte. As capitais, Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba amanhecem com sol e a partir da tarde o alerta é para o risco de temporais.

Ao longo do primeiro fim de semana de março as áreas de instabilidade estarão ativas sobre a o Sul do país e os meteorologistas da Climatempo alertam para temporais em toda a Região. Não dá para descartar a chance de fortes rajadas de vento na costa gaúcha e queda de temperatura, principalmente no sábado (4), para o Rio Grande do Sul.

Março traz mais chuva para o BR

Fevereiro terminou devendo muita chuva para a maioria das áreas do Sul, do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil, onde normalmente a chuva é frequente neste mês. Faltou chuva no leste do Nordeste, mas fevereiro não é época de chuva nesta porção da Região.

Anomalia Climatempo

Março é o último mês do verão e encerra a quadra mais chuvosa do ano especialmente no Sudeste e no Centro-Oeste. Mas é também o pico do período de chuva na porção norte do Brasil, abrangendo o Amapá, Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará e o Rio Grande do Norte.

O mês começa com intensificação de sistemas de baixa pressão atmosférica no Sul do país e a entrada de uma frente fria que deve conseguir chegar ao litoral da Região Sudeste. Isto vai estimular mais chuva sobre o Sul, sobre muitas áreas do Sudeste e do Centro-Oeste.

 

AgResource Brasil