PRF registra apenas um óbito nas rodovias federais no Tocantins

A Polícia Rodoviária Federal no Tocantins registrou nas rodovias federais do Estado, no período de Carnaval, de 24 a 28 de fevereiro passado, um total de 10 acidentes de trânsito, com oito feridos sendo quatro deles graves e um óbito. Comparado a 2016 houve um aumento de dois acidentes no total. Já o número de acidentes graves passou de três para quatro ocorrências em 2017, enquanto o número de vítimas fatais se manteve estável, com apenas um óbito em todo estado.

Ao todo a PRF fiscalizou mais de 1.500 veículos, realizou 612 testes de alcoolemia, sensibilizou 1.530 pessoas através do Cinema Rodoviário, com palestras e abordagens educativas.

Também foram realizadas fiscalizações específicas de ultrapassagem, velocidade e uso da cadeirinha para condução de crianças dentre outras. A fiscalização constatou 22 casos de motoristas dirigindo sob influência de álcool, sendo que sete deles foram detidos por crime de trânsito, já que os índices de álcool medidos ultrapassaram os limites da infração de trânsito. Eles foram enquadrados no crime e conduzidos às delegacias de Polícia Civil para registro das ocorrências.

A PRF registrou também outras 13 prisões por diversos crimes ambientais, receptação e uso de documento falso dentre outros. Nesse período foram constatados dois veículos com sinais de identificação adulterados, e recuperado um veículo de roubo. Foi apreendida ainda uma espingarda calibre 12, com 11 munições e uma espingarda calibre 20, com 19 munições.

Os dados levantados pela PRF indicam que o principal motivo dos é a imprudência dos condutores. Tanto que o acidente que resultou no óbito foi de colisão frontal, provocado principalmente por ultrapassagem indevida, que poderia ter sido evitada por uma condução mãos consciente.

A PRF continua atuando no âmbito da Operação Rodovida, iniciada em 16 de dezembro passado e que terminará no próximo domingo (5).

 

Stylo