Mais de 12 mil eleitores do Tocantins que deixaram de votar nas últimas três eleições poderão ter o título cancelado

Eleitores deverão comparecer aos cartórios a partir do dia 2 de março para se regularizar

Os eleitores do Tocantins que deixaram de votar nas três últimas eleições podem ter o título cancelado. No Estado, 12.140 eleitores poderão ficar sem o documento. Na capital, Palmas, 2.089 pessoas estão com pendências com a Justiça Eleitoral. Em Araguaína, segundo maior colégio eleitoral são 1.575 eleitores, em Gurupi, 1.329.

 

Como fazer?

Os eleitores que constarem na relação de faltosos deverão comparecer ao cartório eleitoral no período de 2 de março a 2 de maio de 2017 para regularizar sua situação. O cidadão deverá apresentar documento com foto que comprove sua identidade, Título Eleitoral e comprovantes de votação, de justificativa e de recolhimento de multa ou de dispensa de recolhimento.

O não comparecimento para comprovação do exercício do voto, da justificativa de ausência ou do pagamento das multas correspondentes implicará o cancelamento automático do título de eleitor, a ser efetivado de 17 a 19 de maio deste ano.

Cada turno do pleito é considerado uma eleição e a Justiça Eleitoral não expedirá nenhuma notificação ao eleitor informando sobre a pendência no cadastro eleitoral.

Mais informações: 0800 6486 800, na Ouvidoria Eleitoral. O eleitor também poderá consultar sua situação eleitoral no site: www.tse.jus.br/eleitor/servicos/situacao-eleitoral/consulta-por-titulo

 

Lília Mara – Ascom – TRE-TO