Naturatins realiza treinamento com servidores sobre planejamento estratégico para 2017

Vice-presidente do Naturatins enfoca o planejamento estratégico para 2017Com o objetivo capacitar servidores, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), realizou nesta quinta-feira, 16, um treinamento relativo ao plano de ação prioritário para 2017, a oficina faz parte do Programa Simplifica Verde. Na ocasião foi apresentado o processo de validação das ações e indicadores do Planejamento Estratégico para este ano. Durante o curso foi utilizado à ferramenta conhecida como Design Thinking, que visa trabalhar com os servidores a empatia, colaboração e a experimentação, de maneira a despertar nos profissionais, mudanças de pensamento e atuações, agregando um perfil inovador, criativo e colaborativo.

Entre os participantes o gerente da Agência Regional do Naturatins  de Gurupi,  Antônio Carlos Pakalolo relatou que a oficina irá possibilitar uma padronização dos procedimentos, visto que todos os servidores estarão trabalhando da mesma forma. “Para nós que atuamos na execução, licenciamento, fiscalização, monitoramento e inspeção é importante à padronização das ações do Naturatins. O nosso público que é a população, os investidores podem ter certeza, que quando buscarem nossos serviços tanto na região Sul, região Central ou na Norte, receberão o mesmo atendimento”, disse.

Para o coordenador da Agência Regional de Araguaína, Rodrigo Borges, o treinamento auxilia muito no relacionamento interpessoal do dia a dia. “Está sendo muito produtivo e como não é possível trazer todos os servidores da nossa regional para uma capacitação como esta. A nossa intenção é levar os conhecimentos aqui adquiridos e replicar para os funcionários da Agência”, contou.Biodiversidade destaca desenvolvimento e avanços

Conforme o vice-presidente do Naturatins, Edson Cabral, a metodologia da capacitação foi escolhida com o objetivo de colaborar para que ocorra uma melhor compreensão de novos desafios. O gestor destacou a necessidade de aperfeiçoar e melhorar a qualidade na prestação de serviços aos usuários e na execução das ações. Também enfatizou a preocupação com a agilidade. “Mas temos também que garantir as questões de ordem legal, bem como as preocupações que são imprescindíveis no órgão ambiental. Como é a questão do ativo ambiental e da biodiversidade do estado do Tocantins”, assegurou.

Engajamento

De acordo com o consultor e especialista em Design Thinking, André Raposo, o workshop teve como objetivo envolver os servidores numa proposta de engajamento, troca de ideias, compartilhamento de valores e principalmente criar uma sinergia entre os vários envolvidos na execução do órgão. “O nosso intuito foi despertar nos servidores o trabalho alinhado, e focado em resultados. Aqui eles puderam enxergar o quanto todos partiram de dificuldades semelhantes e o quanto todos almejam resultados muito parecidos”, considerou.

Especialista apresenta a ferramenta como Design ThinkingO consultor da oficina disse ainda, que a capacitação possibilitou uma análise  das ações prioritárias para planejamento estratégico onde cada gestor teve um olhar diferenciado, avaliando de que forma cada um pode contribuir com o trabalho do outro. “É necessário desenvolver parcerias internas, para que essa execução se torne  mais efetiva. Que o planejamento estratégico alcance os seus resultados e  o órgão cumpra a sua missão de existir”, explicou.

Na finalização do curso que ocorreu durante todo o dia, o vice-presidente do Instituto, Edson Cabral, pontuou que houve uma participação bastante proativa dos servidores na oficina. “Estes são os primeiros passos de um trabalho que queremos amadurecer, que são ferramentas de avaliação e construção de indicadores de resultados, para que possamos melhorar a gestão, com o desafio de que o Naturatins deve fazer mais, de forma a atender as exigências dos nossos usuários” concluiu.

 

Tânia Caldas – Naturatins/TO