Estado fornece kits para campanha contra raiva animal

Municípios receberão kits para campanha, a expectativa é imunizar 306.800 animais

 Visando oferecer suporte necessário para que os municípios atinjam

A expectativa é imunizar 306.800 animais o maior número possível de cães vacinados na próxima campanha de vacinação antirrábica, o Governo do Estado já está distribuindo kits com materiais específicos para todos os 139 municípios do Tocantins. A distribuição que começou na semana passada para os municípios da Região Centro Sul segue esta quinta-feira, 16, em Palmas, no Anexo I da Secretaria de Estado da Saúde. A partir desta quarta-feira, 15, a distribuição acontece em Araguaína, no polo de Imunização, e vai beneficiar as cidades da Região Macro Norte. A campanha de vacinação antirrábica acontece de 1º a 31 de março.

Nos kits são disponibilizados materiais como vacinas, seringas, descarpax, cartazes de divulgação, cambão de contenção, algodão, caixa de isopor, bloco de vacinação, canetas e copos descartáveis. “Estamos encaminhando todo o insumo necessário para que seja feita a vacinação, que terá seu dia D, no dia 18 de março”, afirmou Mary Ruth Batista, diretora de Vigilância das Doenças Vetoriais e Zoonoses da Secretaria de Estado da Saúde.

A diretora enfatizou ainda que a distribuição está sendo feita com antecedência para que os municípios planejem suas ações em tempo hábil e assim a vacinação seja facilitada tanto em zonas urbanas, quanto rurais. “O planejamento e o esforço dos gestores municipais em atingir a meta é muito importante, assim como a conscientização da população em levar seu animal de estimação até um ponto de vacinação, protegê-lo da raiva e, consequentemente, proteger toda a família”, enfatizou.

Além dos kits, o Estado também fará repasse de recursos para custear as diárias de campo dos técnicos de vacinação dos municípios que irão às áreas rurais.Nos kits são disponibilizados vacinas, seringas, descarpax, cartazes

A expectativa é imunizar 306.800 animais, sendo, 242.751 cães e 64.048 gatos. As doses de vacinas distribuídas visam atender toda esta estimativa.

Casos

No Tocantins, o último registro de raiva canina aconteceu em 2007 no município de Gurupi. Já os últimos casos de raiva humana foram registrados em 2002, sendo um caso no município de Arraias e outro no município de Palmeirópolis.

A raiva

A raiva é uma zoonose viral que consiste em uma encefalite progressiva aguda e letal. Todos os mamíferos são suscetíveis ao vírus da raiva e, portanto, podem transmiti-la. A doença apresenta quatro ciclos de transmissão: urbano, silvestre rural e aéreo, sendo o urbano passível de eliminação através da vacinação.

 

Aldenes Lima – Saude/TO